domingo, 25 de abril de 2010

Como funciona a Bolsa de Valores?





É difícil para o leigo compreender o funcionamento de uma Bolsa de Valores.

Aparentemente a idéia é simples: comprar na baixa e vender na alta para auferir lucro líquido e certo.


Para tanto, basta ao investidor apostar que determinada empresa vai prosperar e, portanto, comprará muitas ações que irão valorizar-se cada vez mais ao longo do tempo e o feliz investidor sempre ganhará.

Mas pode acontecer o inverso, e a empresa ir à falência, pois se alguém ganha outro precisa perder.

Daí surge um paradoxo:

Se eu sei que determinada ação vai cair de preço também sei que é o momento de vender para não perder dinheiro.

Mas se todos souberem que certa ação vai cair de preço, evidentemente todos vão querer vender ao mesmo tempo e não vai haver quem compre.

Sendo assim, fica claro que trata-se de um jogo de cartas marcadas, pois apenas uma minoria dispõe de informações privilegiadas, e quem acaba prejudicado é sempre o pequeno investidor que acaba comprando na alta e vendendo na baixa.

Um verdadeiro golpe do vigário orquestrado por grandes capitalistas, e inclusive contando com apoio das autoridades monetárias e parcela da imprensa, contra o bolso do cidadão comum.

Simples Assim.

2 comentários:

Insigne disse...

:-o

De Marchi ॐ disse...

A melhor maneira de investir na bolsa é assaltar velhinhas na feira (o que é quase a mesma coisa)